Anta do Tapadão ou da Aldeia da Mata (Crato) (**)- Um maravilhoso monumento anichador de gado bovino

A Anta da Aldeia da Mata ou Anta do Tapadão, que se destaca na paisagem alentejana é um monumental megalítico granítico do Período Neolítico, visível à esquerda na estrada Crato-Aldeia da Mata. Tem grande dimensão e está em bom estado de conservação.
A câmara é constituída por sete esteios de grande envergadura, que é coroado por uma enorme pedra (mesa ou chapéu). Tem a imponente altura de 3,8 m com 4 metros de diâmetro. Possui ainda um extenso corredor com cerca de 11 metros de comprimento virado com precisão para nascente, aliás como quase todas as antas e o seu significado foi exposto no artigo da Anta da Arquainha (Oliveira do Hospital) (*).
Espectacular, e talvez até seja isto que confere o nome a anta, é a existência de uma grande laje subcircular postada na vertical apoiada nos esteios da câmara e do corredor (em guilhotina) que “tapa” a câmara pelo lado nascente, deixando livre, uma pequena entrada por debaixo dela, separando-a assim do corredor.
A mamoa é ainda perceptível, embora já tenha sido parcialmente desgastada. A própria câmara encontra-se ainda parcialmente enterrada, dando a ideia de que a anta possui uma altura inferior, aquela que realmente tem.
Encontramo-nos perante uma anta, semelhante às antas do Zambujeiro (***) ou do Silval (*), ambas do concelho de Évora, com os ortóstatos afeiçoados e muito bem aparelhados de grande rigor geométrico. Mas que grandes “arquitectos” neolíticos!
Repare-se na verticalidade e dimensão do esteio da cabeceira e com uma monumentalidade notável, o mesmo sucede com a magnífica a pedra da mesa, que tem uma fossete escavada no cimo (fico com a dúvida se é natural ou artificial), com 25 cm de diâmetro.

Sente-se um pouco e repare no mutismo do sítio, na beleza da paisagem ligeiramente ondulante da planície alentejana a perder de vista, no mistério do local com muitas covinhas em afloramentos graníticos, alguns constituindo belos blocos pedunculados, contribuem, ainda mais, para o fascínio da Anta do Tapadão.
Registe-se que o concelho de Crato é rico em vestígios dolménicos, com cerca de 40 antas inventariadas  
Quando foi escavada foi encontrado um importante espólio de vasos de cerâmica, flechas, facas, machados, adornos femininos, ossos humanos e de animais, um báculo e placas-ídolo (uma que é única na península), em memória à Deusa mãe Terra.
Como chegar
Existe placa informativa a beira da estrada a cerca de 2 km da Aldeia da Mata em direcção ao Crato. Tem de entrar numa propriedade privada fechar o portão e caminhar até a anta a pé. O gado bovino vai estar a observa-lo na sua deambulação, mas não se assuste que não são touros…mas não confie, porque “nem todo o mato é orégão”!
5 outras antas Notáveis no Alentejo
Anta Grande do Zambujeiro (Évora) (***)
Anta da Herdade do Paço das Vinhas I (Évora) (*)
Anta da Comenda da Igreja (Montemor-o-Novo) (**)
Anta da Herdade da Ordem (Avis) (**)
Anta da Herdade das Cabeças (Mora) (**)
Boa viagem e seja feliz!

Um comentário Anta do Tapadão ou da Aldeia da Mata (Crato) (**)- Um maravilhoso monumento anichador de gado bovino

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>