Thursday, October 30, 2014

30 Maravilhas Turísticas do Concelho de Sintra

Eis que em vários labirintos de montes e vales
surge o glorioso Eden de Sintra.
Ai de mim! Que pena ou que pincel
logrará jamais dizer a metade sequer
das belezas destas vistas (…)?”
(Lord Byron)

Sintra 300x184 30 Maravilhas Turísticas do Concelho de Sintra

Existem áreas turísticas, cuja fama não se coaduna ao seu verdadeiro valor no que concerne ao seu património, tal não é verdade para o concelho de Sintra, que é um dos concelhos mais notáveis de Portugal: tem uma vasta área classificada Património Mundial da Humanidade, boas praias, parques e jardins românticos e esotéricos, palácios reais, paisagens abrangentes, o ponto mais ocidental da Europa-o Cabo da Roca, um conjunto arqueológico notável e quase desconhecido em São Miguel de Odrinhas, está muito presente na literatura com, alguns dos mais importantes escritores a narrarem as suas belezas e a centrarem aqui as suas acções (Eça de Queiroz, Lord Byron, Arturo Perez Reverte, Ferreira de Castro…fantástico fica-se uma vida e talvez nos escape tempo para tudo ver e principalmente aprender e sentir.
“Sintra é um lugar para se sentir. Não basta falar dele, contar a sua História ou descrever a sua paisagem. É um lugar com espírito, um lugar que nos fala por dentro. O mistério que envolve a sua Serra, ou Monte da Lua; a densidade cromática da paisagem que nos surpreende, como se fosse uma grande tela colectiva; o mar inspirativo e sonhador; as suas lendas e tradições ancestrais; o seu povo peculiar, cuja hospitalidade e simpatia é reconhecida; enfim, tudo isto e muito mais onde as palavras não chegam, faz de Sintra o Glorioso Eden que Byron tão bem soube cantar.
Conhecida na Antiguidade Clássica como Monte da Lua, ou Promontorium Lunae, pela forte tradição dos cultos astrais ainda visíveis em inúmeros monumentos e objectos arqueológicos, a Serra de Sintra é um maciço granítico (mais correcto será chamar-lhe plutónico) com cerca de 10 Km de comprimento que emerge, abruptamente, entre uma vasta planície a Norte e o estuário do Tejo a Sul, numa cordilheira serpenteante que entra pelo Oceano Atlântico até formar o Cabo da Roca, afinal a ponta mais ocidental do Continente Europeu.
Acarinhada e venerada pelo Homem ao longo da História, a Serra de Sintra apresenta hoje um conjunto fabuloso de monumentos das mais variadas eras, desde a Pré-História aos nossos dias.
Competindo com a diversidade monumental, há ainda a salientar a riqueza ambiental desta Serra. Graças ao seu micro-clima, aqui se encontram alguns dos mais belos parques de Portugal, plantados ao sabor romântico e também uma vegetação autóctone, densa e frondosa, que lhe dão um semblante majestoso no salpicado cromático de verdes. Assim, pode o visitante descer ao Neolítico pelo Tholos do Monge; desfrutar os horizontes nas muralhas do Castelo dos Mouros, construção militar árabe do séc. VIII; sentir a vera austeridade dos monges franciscanos no Convento dos Capuchos; deambular pelos mistérios do Palácio da Pena, edifício mítico-mágico que mais parece o prolongamento da própria montanha, e sensibilizar-se nos recantos doces do Parque da Pena, sítio de amor e exotismo onde transpiram uma grande paz e serenidade”1.

30 Locais Notáveis do Concelho de Sintra:
Paisagem Cultural de Sintra (Património Mundial da Humanidade -UNESCO) (*****)
-Palácio e Parque Nacional da Pena (escolhido em 2007 como uma das  7 maravilhas de Portugal) (****)
-Palácio Nacional de Sintra (***)
-Castelo dos Mouros e respectiva paisagem (**)
-Percursos pedestres entre o Castelo de Mouros/Parque da Pena e a Vila de Sintra (**)
-Panorama da ermida de Santa Eufémia (*)
-Museu de Arte Moderna/Antigo Casino de Sintra (*)
-Palácio da Quinta dos Ribafria (na estrada de Lourel) (*)
-Estrada Nacional 375 até Colares-Penedo (****), que inclui:
-Quinta e Palácio da Regaleira (***)
-Quinta do Relógio (*)  
-Palácio de Seteais (**)
-Quinta da Penha Verde (***) (Não é visitável)
-Parque e Palácio de Monserrate (****)
-Convento de Santa Cruz da Serra de Sintra ou dos Capuchos (***)
Exterior a área classificada pela UNESCO:
-Conjunto arquitectónico de Raul Lino (Casa do Penedo, Casa dos Ciprestes e Casa Branca nas Azenhas do Mar) (*)
-Palácio Nacional de Queluz (***)
-Museu Arqueológico e Ruínas São Miguel de Odrinhas (**)
-Meníres da Barreira-São Miguel de Odrinhas (*)
-Capela Circular de São Mamede de Janas (*)
-Quintas de Colares (*)
-Panorama do Santuário Peninha ou de São Saturnino (***)
-Cabo da Roca (**)
-Praia da Ursa (*)
-Praia Grande (*)
-Praia da Adraga (*)
-Praia das Maçãs (*)
-Azenhas do Mar (*)
-Praia da Aguda (*)
-Praia de Magoito (*)
-Praia de São Julião (*)

Outros Locais com interesse turístico:
-Hotel do Convento da Penha Longa
-Lagoa Azul
-Museu Anjos Teixeira
-Quinta do Saldanha
-Museu do Brinquedo
-Museu Ferreira de Castro
-Quinta dos Pisões
-Palácio e Quinta do Ramalhão
-Campo de Lápias de Negrais
-Barragem Romana de Belas
-Fonte Romana de Armés
-Antas de Belas
-Calçada e ponte romanas e azenhas na Catribana
-Palácio da Quinta do Marquês/quinta do Senhor da Serra (Belas)
-Convento de Santa Ana da Ordem do Carmo / Convento do Carmo / Quinta do Carmo (Colares)
Texto adaptado do site da Câmara Municipal de Sintra

Créditos Fotográficos: A magnífica do Palácio da Pena em Sintra é do Ricardo Alves- obrigatório ver o magnífico portefólio (www.pbase.com/ricardoalves).