Estação de comboios de São Bento (Porto) (*) considerada uma das 14 mais belas do mundo

Estação de comboios de São Bento (Porto) considerada uma das 14 mais belas do mundo

Está de parabéns a bonita cidade do Porto classificada como Património Mundial pela Unesco. Esta referência serve também de elogio as muitas bonitas estações de caminho de ferro que temos no País, que em muito devem ao vigor da paisagem e ao seu acervo azulejar, património cultural muito típico do nosso Portugal. Mas a Estação de comboios de São Bento (Porto) talvez seja mesmo a mais bela que temos.Aqui fica a notícia do jornal Público.

“A Estação de comboios de São Bento, no Porto, foi considerada uma das 14 mais belas do mundo pela revista norte-americana Travel+Leisure, que destaca os painéis de azulejos de Jorge Colaço. A lista inclui outra obra de arquitectos portugueses, mas em Moçambique: a estação de comboios de Maputo.

Na lista das 14 estações de comboio mais belas, a de São Bento, projecto do arquitecto Marques da Silva e inaugurada em 1915,  é destacada pela sua fachada em pedra e telhados de mansarda, bem como pelos “20 mil esplêndidos azulejos” criados por Jorge Colaço e produzidos pela Fábrica Cerâmica Lusitana, um trabalho que, segundo a Travel+Leisure (T+L), fará qualquer visitante “suspirar”.
Nas paredes da Estação de comboios de São Bento podem admirar-se alguns episódios da história de Portugal, como a entrada de D. João I no Porto, para celebrar o casamento com D. Filipa de Lencastre, ou o torneio de Arcos de Valdevez.

Além de São Bento, a Travel+Leisure destaca ainda a beleza da estação de Maputo, em Moçambique, a única escolhida no continente africano e que, construída entre 1913 e 1916, foi desenhada pelos arquitetos portugueses Alfredo Augusto Lisboa de Lima, Mário Veiga e Ferreira da Costa (embora, erradamente, seja por vezes dada como projectada por Gustave Eiffel).
A lista de belos edifícios ferroviários inclui ainda os jardins interiores da estação de Atocha, em Madrid, as estações de Kanazawa (Japão), a Southern Cross Station (Melbourne, Austrália), de Sirkeci (Istambul, Turquia) ou a neogótica S. Pancras International (Londres, Reino Unido).
Os Estados Unidos lideram a lista com três estações – a Union Station, em Los Angeles; a Union Station, em Washington; e a Grand Central Terminal, em Nova Iorque.
Na Europa, destaque ainda para a estação central de Antuérpia, na Bélgica. A arquitectura e a decoração da estação Chhatrapati Shivaji, em Bombaim, na Índia, e da estação de Kuala Lumpur, na Malásia, também as colocaram na lista da revista
A lista completa da T+L
St. Pancras International, Londres
CFM, Maputo
Sirkeci, Istambul
Southern Cross, Melbourne
Kanazawa, Japão
Atocha, Madrid
Union Station, Los Angeles
Estação Central, Antuérpia
Chhatrapati Shivaji Terminus, Mumbai

Estação de comboios de São Bento, Porto
Union Station, Washington D.C.
Gare du Nord, Paris
Estação de Kuala Lumpur
Grand Central Terminal, Nova Iorque”.
Créditos Fotográficos: www.skyscrapercity.com ( Veja  aqui outras lindas estações ferroviárias de Portugal).

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>