Ilha de Armona-Fuzeta (Parque Natural da Ria Formosa) (Olhão) (***)

A ilha de Armona-Fuzeta situada no Parque Natural da Ria Formosa, é um maravilhoso areal a perder de vista, de mar sereno e cálido. Se no extremo Este a viagem é curta a partir da Fuzeta, no lado oposto, com partida do porto de Olhão ou de Faro para a aldeia de Armona, na ilha, a viagem demora mais de 20 minutos, entre labirintos de areia, vasa e sapais. O panorama, com o canal de Marim de permeio, do centro de interpretação do Parque Natural da Ria Formosa, em Marim (**), principalmente junto no moinho de maré, para a distante ilha da Armona é maravilhosa.
Praia da Armona
A praia da Armona situa-se no extremo poente da Ilha, mas para a alcançar, depois de descermos no pequeno povoado de pescadores e mariscadores e que nas férias é substituído por alojamento para veraneantes, temos de percorrer uma grande extensão por entre o casario desordenado, por vezes com razoável gosto, outras vezes de mau gosto atroz, até chegarmos, enfim, à praia.

O areal é extenso e estende-se para nascente até a praia da Fuzeta, caminhando um pouco afastando-nos do aglomerado de banhistas, podemos ficar sós, num espaço de grande tranquilidade e o mar sempre a nossa frente de águas serenas e mornas -um paraíso.
Mais junto a barra, os bancos de areia, delimitam deliciosas piscinas naturais. Também aqui se pode observar a flora aromática das dunas, bem como sentir os ventos mornos de leste.
Praia da Fuzeta
A leste a Ria Formosa estreita-se e pode-se até atingir a ilha de Armona a nado a partir a vila piscatória e turística da Fuzeta. Os acessos de barco são feitos a partir do cais daquela povoação. A língua de areia é também mais estreita do que no lado oposto, mas igualmente apetecível e extensa. Existe um pequeno casario junto ao ancoradouro, mas tanto para nascente, como para poente a beleza da praia impõe-se novamente.
Caminhando 30minutos para nascente chegamos ao magnífico areal deserto e intocado da barra da Fuseta. Do lado oposto está a ilha de Tavira (**).

Dica visita aos golfinhos no Parque Natural da Ria Formosa: Os passeios de barco no Parque Natural da Ria Formosa são magníficos, porque coloca os visitantes em contacto íntimo com a natureza, para tal, recomendo a embarcação Pegasus, pertencente aos “Passeios na Ria Formosa” que tem para si programas inesquecíveis. Um dos passeios mais espectaculares é a visita aos golfinhos ao largo da barra da Fuzeta. Se está de férias no Algarve e não deambular de barco na Ria Formosa, é como ir a Roma e não ver o Papa. Fazer esta experiência, é, tal como diz Raul Brandão, “viver num meio adormecimento, seduzido pela luz, fora de todos os interesses e realidades, em Portugal e no Sonho…” in Pescadores- Agosto de 1922.

Onde ficar: Se desejar passar uns óptimos dias de férias, descansar e ao mesmo tempo visitar esta bela região recomendo que se aloje na Casa Calma, em Moncarapacho, muito perto da auto-estrada, por isso perto de todos os locais notáveis do Algarve. Por exemplo, está apenas a sete km da maravilhosa Ilha (praia) da Fuzeta-Armona (***), a dez km das fabulosas Ruínas Romanas de Milreu (***) ou está a um saltito, de um dos mais magníficos miradouros da Península Ibérica: o Cerro de São Miguel ou Monte Figo (***) que tutela toda esta região. O ambiente é de total tranquilidade, beleza e aqui todos nós reencontramos a nossa paz interior, porque estivemos na Casa da Calma. O paraíso existe!

Um comentário Ilha de Armona-Fuzeta (Parque Natural da Ria Formosa) (Olhão) (***)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *