As 27 maravilhas naturais de Angola e o Jacaré dos ovos de Ouro

As 27 maravilhas naturais de Angola e o Jacaré dos ovos de Ouro

Antes de começar a desenvolver esta pequena nota, faço desde já um pedido a alguém responsável, que me auxilie na internacionalização “palopiana” do nosso Portugal Notável e que nos ofereça uma estadia , para rabiscar sobre as maravilhas Naturais de Angola; somos geólogos, escrevermos bem e as fotografias sairão razoáveis, com a garantia que em Portugal haverá ampla divulgação turística porque o Dr. Google é um aliado fiel. Ganharemos nós, que trabalharemos e viajaremos a pala, e ganhará a República Popular de Angola. Bem mas adiante. Eu acho que isto no tempo do Dr. Salazar não era grande coisa, a dívida pública era minguada, mas o aproveitamento sustentável dos nossos recursos naturais ainda o era menos, por isso não soubemos aproveitar as potencialidades naturais das nossas ex-colónias, para o bem de todos, mas na verdade o que era para o nosso coevo Doutor as Maravilhas Naturais de Angola? Enfim salazarices. Tenho visto na RTP Africa pequenos documentários sobre as 27 Maravilhas Naturais de Angola em concurso e que, nós portugueses, ignoramos quase por completo; é certo que o turismo no tempo do douto doutor Salazar era incipiente, mas conceber que deixamos tudo aquilo sem qualquer mais-valia económica, é perceber que somos mais ineptos para fazer dinheiro para o bem comum do que os bons dos hipopótamos do Rio Zaire. Tem sido eleita ao longo dos últimos anos com assinalável êxito a iniciativa sobre as Sete Maravilhas de Portugal em várias tópicos (património construído internamente e externamente, natural, praias e a gastronomia, que captaram também a atenção do chamado “país real” numa competição saudável e a que televisão deu uma expressão. Por estes dias é o nosso pais irmão que elegeu as suas 7 Maravilhas Naturais de Angola, sendo o primeiro país africano a fazê-lo. O modelo é semelhante ao que foi praticado em Portugal. Indico alguns elementos que merecem atenção: Angola é um país de grande dimensão, com 1 246 700 km quadrados (Portugal tem cerca de 90 mil), tem 19 províncias e, pelas circunstâncias conhecidas – primeiro a Guerra Colonial e depois longa guerra civil -, o país está nesta altura numa fase de descoberta e que Portugal é um País privilegiado nas trocas comercias com Angola.

As grutas de Nzenzo Maravilhas naturais de Angola

Para os portugueses a boa notícia é que como tudo está por fazer, as 27 maravilhas naturais de Angola, são um recurso que ao ser transformado em produto turístico pode ser uma fonte de riqueza inesgotável, poder-se-á assim criar centenas de milhares de postos de trabalho e contribuir para acréscimo do PIB angolano, mas reitero que tudo deve ser feito com o máximo de respeito ambiental, caso contrário poder-se-á matar o jacaré dos ovos de ouro. Muito podem os empresários portugueses na área do turismo fazer atendendo a que Portugal e Angola têm hoje 7550 milhões de euros de trocas comerciais e atendendo ao enorme potencial de crescimento de Angola. Obviamente que a utilização turística destes locais terá que ser feita com total respeito pela características ambientais, caso contrário poderemos correr o risco de matar o Jacaré de ovos de ouro. Também é óbvio que muitos dos locais das Maravilhas Naturais de Angola têm todas as condições para serem Património Mundial Natural (UNESCO) e que os nossos técnicos dada a sua experiência poderiam ser uteis como consultores. Vale a pena ver os pequenos filmes no Youtube para divulgação dos locais notáveis neste concurso, como mostro em exemplo.

.

Caros portugueses eis aqui as Maravilhas Naturais Angolanas.

As 7 Maravilhas Naturais de Angola são:

-Fenda da Tundavala, na Huíla; -Floresta do Maiombe, em Cabinda; -Grutas do Nzenzo, no Uige; -Lagoa Carumbo, na Lunda Norte; -Morro do Môco, no Huambo; -Quedas de Kalandula, em Malanje; -Quedas do Rio Chiumbe, na Lunda Sul! E as outras 20 que entraram a concurso foram: -Bacia do rio Okavango (Cuando Cubango), -Barra do Dande (Bengo), -Cachoeiras do Binga no Rio Keve (Cuanza Sul) -Cataratas do Ruacaná (Cunene) -Deserto do Namibe -Serra da Leba (ambos no Namibe) -ilha do Mussulo -Miradouro da Lua (Luanda) -rio Cuito -Rio Kwanza -Rio Zaire -Parques nacional da Cameia -Parques nacional da Quiçama -Parques nacional da Kangandala) -Reserva Florestal do Golungo-Alto (Cuanza Norte) -Pedras Negras do Pungo Andongo (Malanje) -Grutas da Sassa (Cuanza Sul) -Cavernas do Zau Evua (Zaire) -Egipto Praia (Benguela) -praia da Caotinha (Benguela).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>