Miradouro do Carrascalinho (Fornos) (Freixo de Espada-à-Cinta) (*)-Na fundura nocturna do vale do Douro uma luz de festim

O miradouro do Carrascalinho, é um sítio extraordinário, com vistas para o canhão fluvial do Douro. É “um espaço selvagem que parece intocado pelo Homem, ainda que sejam variados os vestígios da sua actividade, quer ao nível arqueológico, quer em termos agro-pecuários. Numa observação mais atenta da paisagem pode detectar-se a povoação espanhola da Mieza, o castro da Lagoaça, os olivais e laranjais em socalcos nas encostas, e na zona planáltica conhecem-se numerosas construções graníticas, as “carriças”, destinadas a guardar os rebanhos das ovelhas e as encostas cobertas de lodão que tem nestas paragens uma das manchas mais extensas da Península Ibérica e ao fundo o enorme rochedo quartzítico do Penedo Durão (**)”.1
O que nos cativa aqui é a paisagem agreste e bela, a solidão e aquelas enormes silhuetas de aves pretas e brancas que planam airosamente, conhecidas localmente como Corvo-branco ou Cuco dos almocreves e que tem o nome comum de Britango; felizmente é Maio, porque no Inverno deslocam-se para as savanas africanas.


Uma aventura no profundo rio Douro em Lagoaça
Era quase noite quando parti deste local notável, fui até à Lagoaça, observei ainda o bonito miradouro da Cruzinha que tem ao fundo a barragem espanhola de Aldeiadavila. Uma estrada medonha, estreita, coleante vai até ao rio. É quase noite – mas aventuro-me. A meio da viagem percebo que errei, a noite está escura como breu e não tenho espaço para fazer marcha atrás- a face medonha da barragem e das gigantes arribas! De repente um luzeiro, quase elfos na noite encantada. Afinal é uma festa, quando avistam o carro, chamam-me para a tertúlia; como uma saborosa ovelha churra assada. É enorme a alegria, apenas homens da Lagoaça, o vinho tinto ácido, mas de boa qualidade jorra a rodos. Sinto-me um lagoaçeiro. Parti quase à meia-noite, com as sobras de carne para me alimentaram mais uma semana. Não esquecerei este festim. A todos os lagoaçeiros o meu bem-haja por esta noitada memorável.
Fonte Informação – Painel informativo do local do Parque Natural do Douro Internacional 1.

Please follow and like us:

Artigos Relacionados

2 comentários Miradouro do Carrascalinho (Fornos) (Freixo de Espada-à-Cinta) (*)-Na fundura nocturna do vale do Douro uma luz de festim

  1. Tó Moreno says:

    Errado
    OK, eu sei que o Carrascalinho é espectacular, só que o autor está errado.
    Pertence á freguesia de Fornos e não a Lagoaça, que aliás está muito bem servida com o também maravilhoso miradouro da Cruzinha.

  2. Castela says:

    Corrigido
    Fico muito grato pela informação.
    Procederei de imediato à correcção. Mas é certo como não sou de Freixo de Espada a Cinta e como o miradouro está muito perto da Lagoaça, pensei que fosse desta freguesia.
    Já agora quando é que pensam colocar à disposição do visitante as importantes pinturas rupestres da Lagoaça, perto da Fonte Santa (também esta uma óptima mineral)?
    Castela

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>