Ponte Romana de Vila Formosa (Alter do Chão) (**)- A mais monumental ponte romana de Portugal

Ponte Romana de Vila Formosa (Alter do Chão) (**)- A mais monumental ponte romana de Portugal

O Alentejo é realmente maravilhoso na primavera – desculpem a banalidade da afirmação, e este mês aproveitei para dar aqui uma escapadela; aproveitamos para visitar ponte romana de Vila Formosa, sobre a ribeira da Seda, que é a mais monumental e conservada ponte romana em Portugal, talvez a par da de Chaves.
A ponte romana de Vila Formosa integrava a relevante estrada romana que ligava Lisboa (Olissipo) a Mérida (Emérita Augusta- capital da Lusitânia).
Tem um comprimento onde assenta um tabuleiro de perfil horizontal com 116,50m de comprimento, por 6,70m de largura. O tabuleiro é apoiado em pilares de pedra que sustentam 6 grandes arcos de abóbada perfeita. É dotada de olhais, utilizados por pontes romanas de maiores dimensões para permitir a vazão da água aquando de cheias violentas. Apresenta ainda silhares almofadados e tabuleiro plano com pavimento com grandes lajes.


Abaixo das guardas apresenta uma cornija em todo o comprimento, elemento que a montante intercala com gárgulas. A sua regularidade, o aparelho almofadado e as marcas do fórfex, visíveis em todo o monumento, tornam-na uma típica obra de engenharia romana, de grande beleza a que acresce o seu bonito enquadramento paisagístico.
Os mestres, para além dos instrumentos manuais com que trabalhavam a pedra, conheciam as alavancas, as roldanas e os fórfex (tenaz em ferro para içar e movimentar as pedras), já utilizados pelos egípcios, e pelos gregos nas suas grandes construções (pirâmides e templos).
A ponte romana de Vila Formosa manteve, até há pouco tempo, o seu funcionamento e importância na circulação viária da zona, na estrada que liga Alter do Chão a Chança e Ponte de Sor, tendo sido construída entre os finais do século I e inícios do século II d.C..

 Estas vias, importantes para a defesa e desenvolvimento do Império Romano; eram utilizadas para o transporte de colunas de legionários; mercadorias e cereais entre as várias partes do Império e Roma.
A ponte é muito semelhante a ponte romana de Salamanca.
A Ponte Romana de Vila Formosa está classificada como Monumento Nacional desde 1910.
A ponte romana de Vila Formosa é hoje um lugar ideal para relaxar, passear e namora e uma vez que leu o texto até aqui aproveito para lhe aconselhar a visita a Casa da Medusa em Alter do Chão, com seu excecional mosaico romano de Eneias, mas que ainda se encontra protegido enquanto se espera a colocação de cobertura apropriada. Espero que muita agua não passe debaixo da ponte. As belezas de Alter do Chão viciam!

Pode aqui ler sobre uma lenda da Ponte.

3 comentários Ponte Romana de Vila Formosa (Alter do Chão) (**)- A mais monumental ponte romana de Portugal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *