Torre da Universidade de Coimbra (**)-Cabra, Cabrão e o Balão como emblemas da cidade

A esbelta Cabra, como é conhecida a Torre da Universidade de Coimbra situada no terreiro do Paço das Escolas foi construída entre 1728 e 1733, substituindo uma outra mais baixa, que ocupava sensivelmente o mesmo espaço projectada por João de Ruão. A Torre da Universidade de Coimbra é uma das melhores e originais, no seu género, e é uma das melhores obras de arquitectura barroca de Portugal, com clara matriz italinizante (neste estilo insere-se por exemplo a Igreja de São Roque (***) em Lisboa ou o Convento de Mafra (****). Desde a sua construção que a torre da universidade de Coimbra se tornou o ícone desta cidade. Pelo seu destaque altaneiro na cidade, pela sua cenografia e por albergar o relógio e os sinos que regulam a vida ritual académica.

O projecto foi do arquitecto italiano António Canevari, então recentemente chegado da Corte, substituindo o plano de Gaspar Ferreira, no entanto seria este como mestre-de-obras titular da Universidade.
Coimbra vista do Céu
São 34 metros e 180 degraus até se chegar ao topo com forma de terraço, a fim de aí instalar o observatório recomendado pelo Rei e os competentes instrumentos Matematicos ou seja um observatório astronómico. Da Torre da Universidade de Coimbra  alcança-se um panorama inolvidável. Enfim não é Coimbra vista do firmamento, mas quase. As vistas prolongam-se para a Cordilheira Central xistosa, para os suaves campos do mar, chegando-se a ver a fímbria prateada do Oceano Atlântico interrompida pela Serra da Boa Viagem.

A torre encontra-se dividida em 4 corpos sendo no último, sob o terraço que se encontram os relógios e debaixo destes os famosos sinos.
Cabra, Cabrão e Balão
A torre possui 3 sinos; o do lado nascente é o maior conhecido com balão e data de 1561. O sino do lado oeste celebrizou-se como “cabra”, e embora tenha sido refundido em 1900, foi colocado em 1741. Há ainda um terceiro, o “cabrão, virado a norte, que está datado de 1824.
Como visitar a Torre da Universidade de Coimbra?
Actualmente são programadas visitas para grupo de 15 pessoas, maiores de 18 anos, às 11:00 e às 15:00. A comunidade universitária poderá visitá-la gratuitamente às 16:00.

No âmbito de uma visita ao Paço das Escolas, são imperdíveis os seguintes monumentos (conheça os contactos e horários para visita a este conjunto monumental):

2 comentários Torre da Universidade de Coimbra (**)-Cabra, Cabrão e o Balão como emblemas da cidade

  1. Não tenho comentários a estes lugares notáveis, trata-se uma terra vivido por mim e tendo visitado vários lugares históricos de Portugal. No tocante a universidade de coimbra, fiquei muito encantado pela arquitectura dos tempos idos

  2. josé Paulo Soares says:

    A Torre é chamada Torre da Universidade e não da “Cabra”. Segundo o Dr. António José Soares, antigo director do Museu académico, os sinos são 4. a “Cabra” que toca às 18 horas. o “Cabrão” que tica às 7 da manhã do dia seguinte (segundo a tradição, se este não tocar de manhã até às 7 e 15, não há aulas. O do Capelo (actos solenes da Universidade) e o do “nojo”, quando falecia algum Lente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>